Banco da Rússia quer proibir uso e mineração de Bitcoin

Português Jan 21, 2022

O Banco da Rússia divulgou na quinta-feira um relatório pedindo a proibição total das criptomoedas.

Embora a Rússia já tenha banido pagamentos feitos com criptomoedas em 2020 e o banco central do país, no mês passado, tenha banido os investimentos em criptomoedas, a proposta de ontem seria mais extrema.

De acordo com o relatório da instituição, a medida drástica seria justificada pela "alta volatilidade" dos criptoativos e a sua "utilização para lavagem de dinheiro e o financiamento de ações terroristas". Tais características representariam uma ameaça à estabilidade financeira, aos cidadãos e à política monetária do país.

O relatório também cita preocupações ambientais, e sugere a interrompção imediata da mineração de Bitcoin no país, que fornece mais de 10% do poder de computação para a rede Bitcoin. Também proibiria as instituições financeiras de lidar com quaisquer transferências dos ativos digitais.

Embora seja fácil para estados fortes criarem leis e imporem restrições de uso, muitos defensores das criptomoedas veem o Bitcoin e as redes descentralizadas como quase imunes a proibições. É difícil policiar o acesso e uso de ativos que são essencialmente programas de computador de código aberto.

Segundo Banco da Rússia, o volume anual de transações com moedas digitais no mercado russo chega a US$ 5 bilhões.

Tags

Morel Hernandes

Writer passionate about politics, economics, blockchain and crypto-currencies.