Bolsa de Moscou pretende oferecer negociação de criptoativos

Português Aug 23, 2022

O maior mercado financeiro da Rússia, a Bolsa de Moscou, pretende lançar um produto baseado em ativos financeiros digitais até o final do ano. A plataforma de negociação já está trabalhando com um parceiro para organizar a colocação de tokens digitais.

O anúncio surgiu em um período díficil para o principal mercado de ações da Rússia, quando tem tido que lidar com a volatilidade do mercado, pressão de sanções e ataques hackers.

A MOEX tem trabalhado com seus parceiros para realizar um projeto para oferecer tokens digitais, essa digitalização de commodities cria valor agregado para os participantes do mercado. A Bolsa de Moscou visa utilizar DFAs para oferecer aos seus clientes outra ferramenta de investimento que oferece uma maneira fundamentalmente nova de garantir a segurança da informação.

O diretor da Bolsa afirmou que a principal dificuldade em termos de implementação é que se trata de um produto completamente novo para o mercado, além de burocracias regulativas e a adaptação de softwares. Outro desafio é sua integração aos sistemas existentes da bolsa e de seus clientes.

A Rússia vem mostrando grande abertura aos criptoativos. No início do mês passado, o chefe do Comitê de Mercado Financeiro da câmara baixa do parlamento afirmou que uma exchange russa de ativos digitais estaria na melhor posição para processar transações de criptomoedas no país. Há alguns meses, um alto membro do governo russo declarou que o país estaria disposto a receber bitcoin pela compra das suas commodities. Além disso, o próprio Vladimir Putin sinalizou que apoia a mineração de Bitcoin, enfatizando que o país possui vantagens competitivas, como clima frio e eletricidade a baixo custo.

Tags

Morel Hernandes

Writer passionate about politics, economics, blockchain and crypto-currencies.