Diante da pandemia mundial declarada pela OMS, todas as medidas para evitar disseminação do coronavírus devem ser tomadas. Com o banco mais líquido do mundo não poderia ser diferente.

Desde o começo acompanhando de perto o avanço da disseminação do coronavírus (COVID-19), a maior ameaça à saúde que o mundo viu nas últimas décadas, o Capitual aplicou medidas para proteger seus clientes, fornecedores e funcionarios.

No momento, a maioria dos países em que o Capitual atua já impuseram restrições muito necessárias para retardar a disseminação. Portanto, nas últimas duas semanas, o banco reorganizou todo seu corpo de colaboradores para que pudessem exercer suas funções por home office, aderiram ao movimento #nãodemita e orientou a todos que fiquem em casa, cuidassem de si e de seus familiares.

A instituição afirmou que os serviços do Capitual continuam funcionando 24h/7, sem interrupções, tanto pela plataforma web quanto pelo aplicativo. E sempre que precisar, a equipe de suporte continua disponível para tirar dúvidas e auxiliar no que for necessário.

Em nota final, o banco agradeceu aos profissionais que tem feito a diferença nesse momento importante "Nossos corações estão voltados para todos aqueles que foram afetados pelo surto e estamos profundamente gratos aos milhares de profissionais de area da saúde que estão na linha de frente, ajudando suas comunidades."