A China continua aprimorando sua estrutura baseada em blockchain. O país apresentou recentemente um sistema de identificação baseado em blockchain desenvolvido de forma independente para cidades como parte de sua infraestrutura de cidade inteligente. O sistema atribuirá um ID digital global exclusivo às cidades inteligentes chinesas, com o objetivo de melhorar a conectividade e o compartilhamento de dados entre essas cidades.

A China está focada no desenvolvimento de cidades inteligentes com o intuito de resolver  desafios mais complicados que surgem com sua população que está cada vez mais urbanizada. As cidades inteligentes empregam e integram uma variedade de tecnologias para tornar as operações municipais mais eficientes, incluindo carros autônomos, energia renovável, edifícios com eficiência energética e sistemas de comunicação.