O crescimento econômico da China manteve-se estável em meio às tensões comerciais com os Estados Unidos, resultando em uma expansão de 6,1% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano de 2019, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas chinês.

Ainda assim, foi o ritmo de crescimento mais lento em quase três décadas e uma desaceleração em relação ao avanço de 6,6% registrado em 2018. A produção industrial chinesa avançou 6,9% na comparação anual de dezembro, acelerando de um aumento de 6,2% em novembro. O avanço de dezembro superou a mediana das projeções de 15 analistas consultados pelo Wall Street Journal, de alta de 5,9%. Já as vendas no varejo saltaram 8,0% no mês passado em relação a dezembro de 2018, repetindo o aumento de 8,0% de novembro e batendo as projeções de crescimento de 7,8%.