O Senado dos EUA confirmou a nomeação do presidente Joe Biden de Janet Yellen como secretária do Tesouro. Como Secretária do Tesouro, Yellen será responsável por várias agências que lidam com criptomoedas, sendo as mais notáveis ​​a Rede de Execução de Crimes Financeiros (FinCEN) e a Controladoria de Moeda (OCC).

Yellen, que dirigiu o Federal Reserve de 2014 a 2018, disse "não ser fã" do Bitcoin e se referiu ao ativo como "altamente especulativo". Mais recentemente, durante o processo de confirmação para a função de Tesouraria, Yellen atualizou suas ideias sobre criptomoedas, afirmando que ela acredita podem beneficiar o sistema financeiro.

Em depoimento oral perante a Comissão de Finanças do Senado, Yellen respondeu a uma pergunta sobre as criptomoedas sendo usadas para financiar o terrorismo, dizendo que os reguladores e legisladores deveriam "examinar maneiras pelas quais podemos reduzir seu uso", pelo menos no que diz respeito a fins ilícitos.

Já em seu depoimento escrito foi mais abrangente sobre o assunto: “Acho importante considerar os benefícios das criptomoedas e outros ativos digitais e o potencial que eles têm para melhorar a eficiência do sistema financeiro”, escreveu ela.

Embora as criptomoedas possam ser usadas para terrorismo e lavagem de dinheiro, ela disse: "Acho que precisamos examinar de perto como encorajar seu uso para atividades legítimas e, ao mesmo tempo, restringir seu uso para atividades malignas e ilegais".