O governo sul-coreano emitiu uma emenda na quarta-feira para introduzir um imposto sobre os lucros do comércio de criptomoedas.

A proposta introduziria uma variedade de impostos adicionais sobre ganhos de capital, com uma programação de tributação progressiva para ganhos em ativos. Para os detentores de criptomoedas, qualquer pessoa que ganhe uma renda anual de mais de 2,5 milhões de won ($ 2.300) com os lucros de criptomoedas será tributada em 20%. O limite é muito mais baixo do que para ações, onde apenas ganhos de mais de 50 milhões de won ($ 46.000) serão tributados.

Para criptomoedas adquiridas antes do início da tabela de impostos, as autoridades considerarão o preço mais alto entre o preço de mercado imediatamente antes de 2023 ou o preço de aquisição real.

O governo coreano incentivou diversas iniciativas baseadas em blockchain nas áreas de identidade digital e votação em blockchain. Também designou o grande centro populacional de Busan como uma “cidade blockchain”. Ao mesmo tempo, o governo adotou uma postura firme ao exigir que bolsas locais removessem moedas de privacidade como Dash e Monero.