O Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) promoveu, nesta terça-feira, um corte extraordinário, antes da próxima reunião, de 0,5 ponto percentual nas taxas de juros do país, em resposta aos possíveis impactos do coronavírus na economia.

Com a redução, as taxas de juros norte-americanas passaram para a faixa de 1% a 1,25%. O Banco Central dos EUA não fazia um corte emergencial desde 2008, quando o mundo sofria os efeitos da crise financeira internacional.