Mês passado o Federal Reserve, banco central norte-americano, decidiu cortar as taxas de juros em 0.25 pontos percentuais. É a primeira vez que isso ocorre em mais de uma década.

A medida diminui o custo dos empréstimos, ajudando as pessoas a consumir mais, o que em uma perspectiva geral é bom para a economia norte-americana e para o dólar.