Desde sua criação, a libra esterlina perdeu 99.5% do seu valor. Contudo, a queda do valor de sua moeda fiduciária não parece preocupar o governo, o que tem tirado o sono das autoridades monetárias locais são os "altos riscos" das criptomoedas.

Preocupados com o crescente entusiasmo por investimentos de alto risco entre os jovens britânicos, a Financial Conduct Authority do Reino Unido alocou £ 11 milhões (mais de $15 milhões de dólares) em uma campanha de marketing digital para alertá-los sobre os riscos.

Citando uma pesquisa recente da FCA que mostra que até 2,3 milhões de britânicos compraram ativos digitais, o chefe executivo da associação disse que há "uma explosão entre os jovens especulando com criptomoedas ou outros investimentos de alto risco".

A FCA também afirmou estar preocupada com a probabilidade de os jovens serem atraídos por “influenciadores anônimos e irresponsáveis ​​da mídia social”.