A China divulgou nesta madrugada que o coronavírus causou mais 254 mortes e teve 15.152 novos casos registrados nacionalmente ontem. O número representa um alto crescimento em relação à média dos dias anteriores, em função de uma nova metodologia adotada na província de Hubei, que é a região mais afetada e onde os primeiros casos foram confirmados .

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o volume de casos da doença confirmados tende a ser menor que o de confirmados clinicamente porque a análise laboratorial exige mais recursos. Ainda assim, a notícia foi suficiente para causar grande impacto na bolsas ao redor do mundo que temem uma desaceleração global por conta da redução da demanda chinesa.

Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta quinta-feira, devido ao aumento da busca por segurança entre os investidores e as principais bolsas da Europa operam em baixa de mais de 1% nesta quinta-feira. Contudo, citando preocupações com o coronavírus, a União Europeia disse que mantém sua projeção de crescimento da zona do euro em 1,2% tanto neste ano quanto para 2021.