Litecoin, a oitava maior criptomoeda do mundo, está prestes a apresentar novos recursos experimentais de privacidade. Esta é a implementação do protocolo MimbleWimble, inicialmente proposto em novembro de 2019, que visa adicionar privacidade opcional para aqueles que usam a rede.

David Burkett, o desenvolvedor responsável por esta integração, forneceu uma atualização sobre sua implementação. Ele revelou que um grande progresso foi feito, e o código inicial estará completo e pronto para revisão em 15 de março.

Litecoin foi um dos primeiros nomes a se estabelecer no mercado e há muito tempo é campeão por suas transações rápidas e baratas. No entanto, a privacidade é um dos recursos que o Silver to Bitcoin’s Gold - como Litecoin é frequentemente referido - sem dúvida faltou. Para resolver o problema, os desenvolvedores propuseram permitir que os usuários acessassem a privacidade opt-in conduzindo transações MimbleWimble em uma cadeia lateral do tipo Extension Blocks.

Por compartilhar da mesma da mesma tecnologia do Bitcoin, o Litecoin acaba servindo como uma espécie de campo de testes para que as atualizações eventualmente sejam aderidas pela rede do Bitcoin. O que leva muitos usuários do Bitcoin a ficarem animados com o possível sucesso da implementação do MimbleWimble que está por vir.

O projeto de implementação MimbleWimble da Litecoin está em desenvolvimento há mais de 12 meses e até viu o lançamento da rede de teste de blocos de extensão MimbleWimble (MWEB) em setembro passado.