Em um discurso que ocorreu recentemente na Cúpula de Governança de Tecnologia Global do Fórum Econômico Mundial, o ministro da economia dos Emirados Árabes Unidos, Abdulla Bin Touq Al Marri, disse que criptomoedas tokens de ativos serão fundamentais para os planos do país de dobrar sua economia em 10 anos.

Embora grande parte da conversa que ocorreu no evento tenha se centrado na atual "bolha" de NFTs, os comentários do ministro se concentraram principalmente nos usos futuros da tokenização e em sua regulamentação.

De acordo com Abdulla, o país tem ambições de aumentar seu PIB em 7% ao ano, o que o colocaria no caminho de dobrar o tamanho de sua economia até 2030. A tokenização será uma peça chave neste esforço.

O ministro ainda disse que o país tem vários projetos ambiciosos em andamento, incluindo um estudo sendo conduzido com o WEF sobre o financiamento de pequenas e médias empresas com uma exchange de tokens administrada pelo próprio governo.

Quando questionado sobre como o governo vai interagir com esses novos modelos e a necessidade de regulá-los, o ministro afirmou que o objetivo é proteger os investidores, bem como o sistema financeiro, mas tomando muito cuidado para não sufocar as inovações.

Em última análise, o país, assim como muitos outros, está levando a sério a tecnologia das criptomoedas. O Emirados Árabes Unidos já percebeu que para se manter na liderança, terá que investir tempo e recursos, com o intuito de fundir seu sistema tradicional com as inovações disruptivas em todas as esferas.