No Uzbequistão, mineradores receberão incentivos para se tornarem verdes

Português May 16, 2022

Mineradores de Bitcoin no Uzbequistão terão duas escolhas: pagar o dobro pela eletricidade ou se tornarem verdes e serem recompensados com redução em seus impostos.

De acordo com a Reuters, os mineradores que investirem em seu próprio sistemas de painéis solares estarão isentos do pagamento de impostos federais, enquanto aqueles que continuarem dependendo da rede elétrica nacional terão que pagar o dobro das taxas regulares, além de sobretaxas durante o horário de pico.

A alta demanda de energia necessária para minerar criptomoedas tornou-se uma questão climática importante, especialmente no caso de Bitcoin e Ethereum, que usam o algoritmo de consenso de prova de trabalho para resolver equações matemáticas complexas. Com milhões de computadores trabalhando juntos para resolverem tais equações o impacto da alta demanda energética tem sido sentido em algumas partes do mundo.

No ano passado, o governo chinês, citando preocupações regulatórias e ambientais, baniu criptomoedas e quaisquer atividades relacionadas a mineração dentro de suas fronteiras. Como consequência diversos mineradores foram empurrados para outros países, como Uzbequistão e Cazaquistão, onde a energia era mais barata e as regulamentações eram escassas ou inexistentes.

Estes países que receberam uma grande quantidade de empresas mineradoras de Bitcoin que saíram da China agora sendo se ajustando, criando um ambiente legal propício e redesenhando a estrutura legal para melhor acomodar estes mineradores no longo prazo.

Tags

Morel Hernandes

Writer passionate about politics, economics, blockchain and crypto-currencies.