O que são Pools de Liquidez?

CapExplain Dec 21, 2022

Os pools de liquidez - ou Liquidity Pools - são ferramentas essenciais para o bom funcionamento de um ecossistema DeFi (Finanças Descentralizadas).

De uma forma resumida, eles permitem que usuários bloqueiem tokens, criando uma espécie de “reserva de fundos armazenados”, em troca de recompensas ou da liquidez, que é imprescindível para o funcionamento de exchanges descentralizadas - DEX.

Os pools de liquidez viabilizam a geração de rendimentos conhecida como Farm, além de fornecerem estrutura para os jogos online na blockchain.

Esse mecanismo também faz com que os usuários sejam estimulados a fazer a manutenção do sistema de liquidez através das recompensas recebidas que são proporcionais ao valor delegado e ao período disponibilizado.

Criamos esse artigo justamente para que você entenda o conceito, o funcionamento e utilização, além dos principais benefícios. Boa leitura!

Nesse artigo você vai ver:

1. O que são os pools de liquidez?
2. Como funcionam os pools de liquidez?
3. Qual a relação entre pools de liquidez e DeFi?
4. Principais benefícios dos pools de liquidez
5. Como ingressar em pools de liquidez?

O que são os pools de liquidez?

A liquidez é uma parte necessária para qualquer mercado, especialmente o financeiro, pois dá estabilidade e rapidez para a execução de negociações variadas.

No que diz respeito às finanças descentralizadas (DeFi), onde não existe a figura de um agente intermediário que administra as ordens de compra e venda, a solução que mais se adequa ao modelo de DeFi é a liquidez dos liquidity pools.

O funcionamento dos pools de liquidez ocorre através de Automated Market Maker – AMM, ou criadores de mercado automatizado, um protocolo de negociação para ativos digitais, de forma totalmente automatizada e independente de um Order Book ou livro de ordens.

De forma prática, os usuários da plataforma AMM fornecem tokens para os pools de liquidez (LPs) e o valor desses tokens no pool será definido através de uma fórmula matemática própria da plataforma.

Um pool de liquidez pode ser entendido também como um conjunto de fundos bloqueados por um smart contract que garante que os valores ali, sirvam para subsidiar e dar segurança as operações DeFi.

Contudo, apesar de ser um sistema altamente seguro, sempre existem riscos como: os algoritmos que definem o preço de um ativo falharem, em decorrência de muitos pedidos, gerando falhas nos contratos inteligentes e outros problemas.

A criação de um pool acontece quando os usuários, conhecidos como provedores de liquidez (LP), adicionam ao pool valores iguais referentes a dois tokens.

Em contrapartida, os participantes receberão valores proporcionais ao investimento através de taxas de trading a cada negociação.

Uma característica dos pools de liquidez que merece destaque é a acessibilidade, já que qualquer pessoa pode ser provedora de liquidez e atuar nesse mercado.

O que é DeFi? O guia completo para finanças descentralizadas
Entenda o que é, como funciona, quais as perspectivas para o futuro e como você pode se beneficiar das inovações trazidas pelo ecossistema DeFi.

Como funcionam os pools de liquidez?

Um pool de liquidez pode ser definido como conjunto de fundos depositados em um contrato inteligente (smart contract) pelos provedores de liquidez.

Para explicar de uma forma simples: um pool de liquidez está estruturado em negociação por meio de pares. Exemplo: um pool negocia o par USDT e Ether (USDT/ETH) possibilitando comprar USDT em troca de ETH e vice-versa.

Vale lembrar que os Automated Market Makers (AMM) representam uma inovação importante nesse processo, pois viabilizam o trading on-chain sem a dependência de um livro de ordens (Order Book).

Para simplificar: pense em uma exchange de livro de ordens como uma plataforma peer-to-peer, onde os investidores se conectam por um livro comum.

Assim, quando um usuário realiza um trade em um AMM não existe a participação de uma outra parte, como em modelos tradicionais.

Ou seja, qualquer usuário está habilitado a executar uma operação no pool de liquidez. Basta que haja liquidez suficiente na pool para concretizar uma operação.

A liquidez é uma parte necessária para qualquer mercado, especialmente o financeiro, pois dá estabilidade e rapidez para a execução de negociações, especialmente com criptoativos

Qual a relação entre pools de liquidez e DeFi?

Os pools de liquidez surgiram como alternativa para sanar a liquidez em exchanges descentralizadas, o que se tornou uma grande inovação dentro do sistema DeFi.

Basicamente, ao substituir o modelo tradicional do livro de ordens usado nas exchanges centralizadas, garantem a fluidez das negociações de tokens DeFi, além de colaborar para evitar problemas dentro do sistema, entre eles:

  • Riscos de ataques de hackers;
  • Dificuldade de negociar tokens;
  • Manipulações de preços.

Principais benefícios dos pools de liquidez

Entre os benefícios principais dos sistemas de pools de liquidez, está a questão do fornecimento constante de liquidez para traders que negociam através de exchanges descentralizadas.

Além disso, oferecem a possibilidade de lucros através de participações em criptomoedas. Ou seja, quem provê liquidez recebe como recompensa as taxas envolvidas na transação, mesmo em casos que o investimento não tenha o resultado positivo esperado.

Como usar os pools de liquidez?

Por ser um sistema razoavelmente simples, a utilização de pools de liquidez é bastante versátil:

  • Yield Farming ou mineração de liquidez: usuários inserem seus fundos às pools para gerar rendimento;
  • Tranching: está relacionado à divisão de produtos financeiros com base em seus riscos e retornos;
  • Seguro contra riscos de contratos inteligentes.

Como ingressar em pools de liquidez?

Ingressar em pools de liquidez DeFi é bastante acessível, como comentamos anteriormente, vai variar com a plataforma escolhida.

Em linhas gerais, é preciso criar uma conta e, em seguida, conectá-la a uma carteira Ethereum (a MetaMask, por exemplo) ou outras carteiras Web 3.0. Depois disso, é só depositar os tokens no pool de liquidez desejado.

No caso da Uniswap, ainda é necessário saber qual será o um par específico para o qual deseja fornecer a liquidez e, aí sim, conectar à carteira.

Gostou desse conteúdo? Clique aqui para conhecer mais sobre os ativos digitais que o Capitual oferece para você!


O Conteúdo deste Blog está disponível para fins meramente informativos e educacionais. Os artigos postados não constituem e não devem ser encarados, em nenhuma hipótese, como qualquer aconselhamento ou recomendação de investimento, tampouco como garantia de resultados ou rentabilidades em investimentos de qualquer natureza.


Capitual: o banco digital multimoedas realmente inovador
Serviços bancários completos 100% digitais e operações diversas com criptomoedas. Tenha o controle total de suas finanças com o Capitual.

Tags

Joanna Medeiros

Jornalista, produtora de conteúdo digital, MBA em Marketing e Comunicação. Acompanhando o mercado financeiro mudar através dos "olhos" da Capitual.