Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta quinta-feira, 23, no nível mais alto desde 7 de janeiro, em meio a um movimento de busca por segurança no mercado, devido ao novo coronavírus identificado na China e que já se espalhou para pelo menos outros oito países.

Segundo o jornal Global Times, a China já registra 644 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus e 18 mortos. O país asiático também cancelou grandes eventos de comemorações do Ano-Novo Lunar para tentar conter a disseminação do vírus, de acordo com o Beijing Daily. Contudo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda não há necessidade de declarar emergência global. A agência afirmou também que não há evidência de transmissão do coronavírus por contato humano fora da China.