A polícia da cidade de Kempten confiscou a carteira de um infrator que inseriu softwares mineradores nos computadores de pessoas sem autorização. Os promotores “garantiram que o homem não tivesse acesso aos bitcoins”. No entanto, o homem - que já cumpriu sua pena de prisão por mais de dois anos - não forneceu a senha às autoridades.

Fontes locais sugerem que o homem está "mantendo seu silêncio" e que "não vai dar a senha a eles", mas o promotor Sebastian Murer disse que o homem pode nem saber mais a senha. “Nós perguntamos a ele, mas ele não disse”, disse Murer. "Talvez ele não saiba."

Os 1700 Bitcoins valeriam pelo menos $ 75 milhões, e o valor aumentou significativamente desde que o golpista obteve a criptomoeda por meio do esquema de mineração. Embora a polícia tenha tentado "quebrar" a senha, não foram capazes e, portanto não conseguiriam acessar os fundos armazenados na carteira.

Embora esta história em particular diga respeito a Bitcoins obtidos ilegalmente, a história mostra a beleza da tecnologia do Blockchain, cuja segurança não é capaz de ser quebrada nem mesmo por autoridades competentes. Além do mais, não podemos descartar um possível plot twist, onde o criminoso tenha decorado em sua mente as 24 palavras chaves e possa voltar a acessá-las em breve.