Vladimir Putin recentemente se mostrou aberto às criptomoedas, que estão atraindo cada vez mais investidores e remodelando as dinâmicas da economia global, fornecendo novas opções à população de países em desenvolvimento.

A criptomoeda "tem o direito de existir e pode ser usada como meio de pagamento", disse Putin em uma entrevista à CNBC que foi postada no site do Kremlin na quinta-feira. Contudo, o presidente alertou que é muito cedo para usar criptomoedas para o comércio de commodities que constituem a maior parte das exportações da Rússia.

A Rússia vem buscando alternativas ao uso de dólares desde que foi alvo de sanções em 2014 após a anexação da Crimeia. Segundo Putin, os EUA usam sua moeda como arma para controlar geopolíticamente outros países.

O Banco da Rússia alertou repetidamente os investidores que o mercado de criptomoedas é extremamente volátil e que moedas digitais não podem ser usadas como método de pagamento no mercado interno. No entanto, de acordo com o vice-ministro das Finanças, não há planos para uma proibição seguindo os moldes da China.