De acordo com um jornal local, Kabar, um projeto de lei foi desenvolvido para permitir a tributação da mineração de criptomoedas, que deve aumentar as receitas do orçamento e contribuir para o princípio da tributação justa no país.

O governo do Quirguistão espera ganhar 300 milhões em impostos, número impressionante, dado o orçamento anual do país de apenas US$ 1 bilhão. Embora os impostos limitem o lucro das mineradoras, esse parece ser um caminho muito melhor do que aquele que o país costumava seguir, visto que anteriormente criptomoedas eram expressamente proibidas.