Ricardo Salinas quer oferecer Bitcoin em milhares de lojas no México

Português Feb 16, 2022

Ricardo Salinas, um dos homens mais ricos do México e presidente do Salinas Group, mencionou a possibilidade de vender bitcoin em suas populares lojas de departamentos do Grupo Elektra.

Salinas explicou falou que o aplicativo do Banco Azteca, que pertence a seu grupo, não pode negociar criptomoedas pois o Banco do México, o Ministério das Finanças, a Comissão Nacional de Bancos não permite. Em suma, o Bitcoin não é apreciado pelas autoridades regulatórias e o Banco Azteca é obrigado a cumprir as leis até que os regulamentos mudem.

Contudo, Ricardo afirmou também que as lojas do Grupo Elektra poderiam vender bitcoin como mercadoria. Isso porque eles não estão sob os regulamentos bancários e não precisam proteger o dinheiro de seus investidores.

A Elektra, sendo uma entidade comercial, não é regulada pelas autoridades bancárias, não cobra dinheiro e não tem esse problema de ter que proteger os depósitos das pessoas. A Elektra pode vender bitcoin como qualquer mercadoria, como uma bicicleta ou um telefone.

Salinas é um defensor do bitcoin há muito tempo. O executivo recomendou a compra de bitcoin em junho passado, onde afirmou que o ativo tinha propriedades extraordinárias. Ao mesmo tempo, informou que seu banco, o Banco Azteca, estava trabalhando para ser a primeira instituição financeira do México a receber e oferecer serviços financeiros em bitcoin. No entanto, o ministro das Finanças do México, respondeu rapidamente a essas intenções, esclarecendo que o uso de criptomoedas não era permitido sob as regulamentações atuais do sistema financeiro mexicano.

Tags

Morel Hernandes

Writer passionate about politics, economics, blockchain and crypto-currencies.