Os russos estão entre os populações mais ativas no mercado de moedas criptográficas do mundo, de acordo com o próprio banco central do país.

O Banco da Rússia publicou na quinta-feira passada uma nova análise sobre estabilidade financeira, apontando o crescente papel do país no mercado de 2,8 trilhões de dólares.

Segundo estimativas relatadas pelos principais bancos locais, o Banco da Rússia afirmou que o volume total anual de transações com criptomoedas da população russa totalizava 350 bilhões de rublos, que seriam cerca de US$ 5 bilhões.

O banco central russo também observou que a Rússia é uma das maiores potências em mineração de Bitcoin do mundo, ficando em terceiro lugar.