A S&P Dow Jones Indices confirmou recentemente que vai estrear índices de criptomoeda em 2021. Em um comunicado de imprensa realizado na quinta-feira, a empresa descreveu o Bitcoin (BTC) e outras altcoins como uma "classe de ativos emergente".

Um índice de mercado é uma carteira hipotética de participações de investimento que representa um segmento específico do mercado financeiro. O cálculo do valor do índice provém dos preços das participações subjacentes.

“Com ativos digitais como criptomoedas se tornando uma classe de ativos emergente rapidamente, é o momento certo para benchmarks independentes, confiáveis ​​e fáceis de usar”, declara Peter Roffman, chefe global de inovação e estratégia da S&P DJI no comunicado à imprensa.

O comunicado não especifica quais criptomoedas específicas serão cobertas ou a metodologia por trás de sua seleção, mas espera-se que seja baseada no valor de capitalização de mercado dos ativos.

Para muitas personalidades do meio de criptomoedas a mudança não é surpresa, e ocorre no momento em que o Bitcoin se consolida como uma forte e sólida moeda global, apresentando resultados sólidos no pós pandemia e estabelecendo novos recordes históricos, prestes a ultrapassar a resistência dos $ 20.000. A tempestade perfeita para satisfazer o interesse da esfera institucional.