O Gabinete do Controlador da Moeda (OCC), o gabinete do Departamento do Tesouro dos EUA encarregado de regular os bancos, afirmou que os bancos podem usar stablecoins e blockchains para pagamentos.

Em uma carta emitida hoje, o OCC esclareceu que, desde que esteja em conformidade com a lei e as práticas bancárias sólidas, "um banco nacional ou associação de poupança federal pode validar, armazenar e registrar transações de pagamentos servindo como um nó em um INVN [rede de verificação de nó independente]. Da mesma forma, um banco pode usar INVNs e stablecoins relacionados para realizar outras atividades de pagamento permitidas. "

Além disso, a carta afirma que os bancos podem emitir stablecoins da mesma forma que podem com cartões de débito ou cheques e trocá-los por moedas fiduciárias.

Embora o OCC tenha adotado uma postura pró-criptomoeda quando se trata de inovação financeira, a atitude surge em meio a incertezas regulatórias para a indústria de criptomoedas. Desde que em meados de dezembro, uma agência separada do Tesouro dos EUA, a Financial Crimes Enforcement Network (FinCEN), propôs regras que exigem que as empresas de serviços financeiros, incluindo bancos e criptomoedas, registrem e relatem transações de criptomoedas para carteiras privadas se atingirem determinado valor limite.