O fornecimento de Bitcoin é limitado a 21 milhões. Isso significa que, a menos que haja mudanças drásticas no mecanismo de fornecimento do Bitcoin, nunca haverá mais de 21 milhões de BTC em circulação.

Devido ao mecanismo de mineração do Bitcoin, cerca de 18,59 milhões de Bitcoin já foram extraidos (89% do fornecimento máximo). Destes, estima-se que uma boa parte do suprimento de Bitcoin foi perdida, tornando a quantidade real de BTC disponível para uso ou comercialização muito menor do que sugere o suprimento circulante.

As Moedas do Criador

O misterioso criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, pode ter minerado cerca de 1,1 milhão de BTC nos primeiros meses de sua existência. Desde então, parece que Satoshi não tocou em seu estoque, indicando que ele, não pode ou não vai mover essas moedas.

Por causa disso, o consenso geral é que os ativos de Bitcoin de Satoshi estão fora de circulação - reduzindo assim o número total disponível em cerca de 5,9%.

Acidentes

Uma das principais maneiras pelas quais o Bitcoin é removido de circulação é simplesmente se perder. Os proprietários de Bitcoins precisam acessar suas chaves privadas ou frases de recuperação para transferir seus Bitcoins, portanto qualquer um está sujeiro a perder o acesso a elas e por consequência à seus fundos.

Na maioria das vezes as perdas são pequenas, mas já vimos casos bem emblemáticos como o homem que descartou um disco rígido contendo 7.500 BTC ou quando o fundador da QuadrigaCX morreu inesperadamente aos 30 anos de idade, e levou consigo as chaves privadas que davam acesso à US $ 190 milhões em várias criptomoedas, incluindo cerca de 1.000 BTC.

Embora seja impossível dizer exatamente quanto Bitcoin foi perdido diretamente, podemos considerar que qualquer carteira de Bitcoin que não se movimentou nos últimos cinco anos está perdida. Isso seriam cerca de 20% de todos os Bitcoins.

Graças aos fatos acima, acreditamos que o verdadeira valor de capitalização de mercado do Bitcoin seja muito menor do que o que mostram, e vemos isso como positivo ao enxergar o potencial de crescimento que ainda temos pela frente. Outro ponto importante, é aprender com os erros dos outros e tomar cuidado redobrado para não sofrer acidentes com nossas carteiras. E por último, e mais importante, lembrar-nos que o Bitcoin é a moeda oficial de todos aqueles que querem guardar valor no longo prazo e que todos os fatos acima corroboram com isso.