Nessa segunda-feira, o número total de transações diárias que envolveram o Tether, moeda baseada em Ethereum que atualmente é a stablecoin mais usada dentre as criptomoedas, atingiu um novo recorde histórico.

Segundo a Etherscan, foram realizadas 208.107 transações, que somam o valor de US$ 1,2 bilhão, em um período de 24 horas.

Por padrão, cada USDT deve ser apoiado por um real de US $ 1 detido pela Tether Limited, a empresa por trás do stablecoin. No entanto, no passado, a Tether revelou que suas participações eram apenas 74% lastreadas e que cada USDT agora é lastreado por suas reservas, que são compostas de caixa e vários investimentos. As reservas nunca foram auditadas.

De acordo com a Etherscan, os volumes históricos de negociação do USDT começaram a subir acentuadamente em setembro de 2019, atingindo 188.621 transações diárias no pico do mês - valendo aproximadamente US $ 620 milhões em USDT.

Se essa tendência continuar, o Tether pode muito bem superar seus recordes de 2019, quando a stablecoin movimentou aproximadamente US $ 212 bilhões em valor durante ao longo do ano.

Recentemente, o USDT superou também o XRP da Ripple entre as dez principais criptomoedas por capitalização de mercado, ocupando o terceiro lugar com seu valor de mercado de aproximadamente US $ 8,8 bilhões, segundo o CoinMarketCap.

No entanto, a diferença entre os dois ainda é relativamente pequena para os padrões da indústria - em torno de US $ 200 milhões - de modo que o XRP ainda poderá recuperar seu lugar entre os "três grandes" no futuro próximo. Isso se ele puder resolver seus problemas de inflação.