Segundo dados preliminares da agência oficial de estatísticas da união europeia, a Eurostat, indicou encolhimento de 3,8% em comparação ao quarto trimestre de 2019, este é o maior encolhimento do PIB desde 1995. A queda deve-se a pandemia do coronavírus, que vem afetando brutalmente a economia mundial.

Em comparação ao mesmo trimestre do ano passado a queda foi de apenas 3,3%. Em termos anualizados, foi registrado um tombo de 14,4 % no primeiro semestre. Não resta dúvidas que serão necessários esforços homéricos por parte dos governos da região para tentar estancar o abalo econômico.